Voltar

Notícias

Balanço das Eleições 2018 – Primeiro turno

O favoritismo da onda conservadora foi confirmado ontem nas urnas, liderado, sobretudo, pela candidatura de Jair Bolsonaro (PSL). Além de garantir a ida ao segundo turno com 49,2 milhões de votos (46%), Bolsonaro levou para Assembleias, Senado e Câmara um número expressivo de apoiadores e simpatizantes. Do outro lado, Fernando Haddad, oposição petista que concorrerá o segundo turno, totalizou mais de 31 milhões de votos (29%). Também com resultados significativos, elegeu três governadores e quatro cadeiras no Senado só na região Nordeste, onde o Partido dos Trabalhadores tem seu maior apoio eleitoral.

A corrida presidencial seguiu com Ciro Gomes (PDT) em terceiro lugar, que garantiu 12,5% dos votos e liderou no Ceará, seguido de Geraldo Alckmin (PSDB) com 4,8%; João Amoedo (NOVO), 2,5%; e Cabo Daciolo (PATRIOTAS), 1,3%. O número de abstenções e de votos brancos e nulos somaram 40,2 milhões, quase 30% do eleitorado.
Das disputas para governo, 12 foram consolidadas no primeiro turno: Gladson Camel (PP) no Acre, Renan Filho (MDB) em Alagoas, Rui Costa (PT) na Bahia, Camilo Santana (PT) no Ceará, Renato Casagrande (PSB) no Espírito Santo, Ronaldo Caiado (DEM) em Goiás, Flávio Dino (PCdoB) no Maranhão, Mauro Mendes (DEM) em Mato Grosso, João Azevedo (PSB) na Paraíba, Ratinho Júnior no Paraná, Paulo Câmara (PSB) em Pernambuco e Wllington Dias (PT) no Piauí.

Dos últimos 32 senadores que tentaram reeleição, apenas oito se mantiveram, o que expressa uma renovação no Congresso, majoritariamente composto, a partir de 2019, pelo PT e PSL, partidos de Haddad e Bolsonaro, respectivamente. Já os destaques de maior votação para deputado estão em São Paulo: Janaína Paschoal (PSL) foi a deputada estadual mais votada da história e Eduardo Bolsonaro liderou a disputa para deputado federal, com 1,8 milhão de votos. No Rio de Janeiro, Helio Fernando Barbosa Lopes (PSL) e Marcelo Freixo (PSOL) foram os deputados federais mais votados, respectivamente.
Para mais detalhes do balanço realizado pela FSB, acesse: Balanço das Eleições 2018 – Primeiro turno

Compartilhe