Voltar

Notícias

FSB inova no Governo Federal com portal 100% acessível

O Ministério dos Transportes, Portos e Aviação lançou um novo portal para usuários do programa Passe Livre, que assegura a pessoas com deficiência e de baixa renda o direito de gratuidade no transporte rodoviário interestadual. Inteiramente desenvolvido pela FSB, o novo site conta com completa acessibilidade a diversos tipos de deficiência: um tradutor automático de Libras, para pessoas com deficiência auditiva; cores que setorizam as informações e linguagem simplificada e repetida, facilitando o acesso às pessoas com deficiência intelectual e de baixo entendimento; e com o HTML adequado aos programas utilizados por pessoas com deficiência visual para leitura de tela.

Um dos pontos-chave para que o portal atendesse a um público-alvo específico, foi incluir o próprio público na avaliação do site. “É muito bom ver o esforço do Ministério para acolher às pessoas com deficiência. São mais ações deste tipo que precisamos para que todos os portais atendam às nossas necessidades, tornando a gente parte do processo de construção”, disse Wanderlei Marques de Assis, coordenador-geral do Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência. O novo site também foi apresentado antes do seu lançamento, para aprovação, ao secretário Nacional de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Marco Antonio Pellegrini, que também elogiou a iniciativa.

Repercussão

A importância do projeto desenvolvido pela FSB ganhou repercussão na mídia e nas redes sociais. As equipes da Assessoria de Comunicação do Ministério trabalharam de forma integrada, garantindo ampla repercussão com publicações nas redes sociais e em veículos importantes, como a revista IstoÉ, Agência Brasil, Correio Braziliense, R7, entre outros. Nas redes, as postagens feitas pelo próprio Ministério contaram com a hashtag #PraCegoVer, com descrição de cada post, além de terem um caráter de serviço ao cidadão. Como resultados, mais pessoas conheceram o benefício e buscaram informações com a equipe de atendimento.

Para ampliar o alcance, outra estratégia foi focar no RP Digital. Após a criação de um mapa de influenciadores focado no Facebook, pela equipe de Inteligência de Dados da FSB Brasília, o time de digital do Ministério entrou em contato com os principais atores, apresentando o novo projeto do Passe Livre. Publicadores importantes como o Senador Romário, engajado na causa, repercutiram a pauta. O Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) publicou, no dia do lançamento do portal, um post patrocinado sobre o programa. A página Deficiente Ciente, além de informar aos seus seguidores sobre o programa, utilizou os materiais desenvolvidos pela FSB em sua página, trocando, inclusive, o vídeo de capa do perfil no Facebook.

Outros clientes da FSB também foram envolvidos. Publicações em parceria com o Ministério do Turismo, o Ministério do Esporte e Ministério da Saúde ajudaram a engajar mais pessoas a buscarem o Passe Livre.

As ações desenvolvidas em prol do Passe Livre, atrelada à integração de diversas equipes da FSB, trouxeram resultados positivos para uma pauta governamental. Com a implementação do portal, aliado a um sistema eletrônico de solicitação e renovação do benefício e a um amplo planejamento de comunicação integrada, o Passe Livre se torna digital, dando mais cidadania às pessoas com deficiência.

Compartilhe