Voltar

Notícias

FSB divulga edição especial do ranking FSB Influência Congresso

A FSB Comunicação divulgou mais uma edição especial do ranking FSB Influência Congresso, agora referente aos meses de fevereiro e março de 2019. O indicador que mede o alcance e a influência dos parlamentares nas redes sociais chega ao terceiro ano com o diferencial de incluir o Instagram no levantamento, ampliando assim o foco de análise da influência de cada parlamentar nas redes.
Nos dois primeiros meses de mandato, parlamentares novatos e reeleitos disputaram espaço nas redes sociais. A nova edição do FSBinfluênciaCongresso mostra que o ranking dos 20 parlamentares federais mais influentes nas redes é dividido igualmente entre 10 novatos e 10 reeleitos.

Alçada a líder do governo Bolsonaro no Congresso, a deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) foi a parlamentar mais influente no período. Em segundo lugar ficou o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), seguido do Sargento Fahur (PSD-PR), que também é novato no Congresso Nacional. O indicador inclui tudo o que deputados e senadores publicam em três redes sociais: Facebook, Twitter e Instagram.

O PSL segue como o partido com mais parlamentares no Top20. Além de Joice, a lista inclui outros cinco nomes da legenda do presidente Jair Bolsonaro. O PT agora conta com apenas três nomes entre os mais influentes, mesmo número de parlamentares do Podemos no ranking.

Dos 20 congressistas mais influentes nas redes, Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) é o senador mais bem colocado, ocupando a 7ª posição. Dentre os 20+, 14 são deputados federais e 6 são senadores.

Dono da maior bancada no Congresso, o Estado de São Paulo predomina no ranking, com 8 dos 20 nomes mais influentes. O Rio de Janeiro tem 5 representantes e o Paraná, 3. Outros quatro estados (Minas Gerais, Espírito Santo, Pernambuco e Rio Grande do Sul) têm um nome cada no ranking de influência nas redes sociais.

Veja abaixo o ranking dos 20 parlamentares mais influentes nas redes sociais:

FSBinfluênciaCongresso

Para avaliar o desempenho do Novo Congresso nas redes sociais, o Instituto FSB Pesquisa desenvolveu o FSBinfluênciaCongresso. Além do Facebook e Twitter, o índice passa a levar em consideração a atuação e a performance dos deputados e senadores no Instagram, rede social que mais cresceu nos últimos anos no Brasil.

A participação dos deputados e senadores nas redes sociais é grande. Da atual legislatura, que tomou posse em 1º de fevereiro, todos os 513 deputados e 81 senadores estão presentes em pelo menos uma das três redes (Facebook, Instagram e Twitter). Dos 594 congressistas, 100% estão no Facebook, 99,3% no Instagram e 92,9% no Twitter.

Metodologia

O FSBinfluênciaCongresso monitorou as publicações dos deputados federais e senadores de 1º de fevereiro a 31 de março. O monitoramento é 24×7, capturando e analisando o grau de engajamento de todas as publicações feitas pelos parlamentares no Facebook (apenas páginas públicas), no Instagram (apenas perfis oficiais) e no Twitter.

Para se calcular a nota de cada parlamentar e construir o ranking, são levados em consideração o número de seguidores, a quantidade de publicações, o alcance das publicações e o engajamento (curtidas, comentários e compartilhamentos) em cada rede social. São aplicados pesos diferentes a cada item, assim como para cada uma das três redes sociais analisadas.

Mais informações
Aline Reis (aline.reis@fsb.com.br)
Marcelo Tokarski (marcelo.tokarski@fsb.com.br)
WhatsApp: (61) 99243-9205

Compartilhe