O que é comunicação interna e como colocar em prática?

Diferente do que se pensa, a comunicação interna ou comunicação com os funcionários, é tão importante quanto a realizada com o público externo, pois são eles os responsáveis pelo relacionamento com os clientes e são eles que fazem a engrenagem da organização funcionar.

Tendo uma boa relação com os colaboradores, as estratégias de comunicação da organização muito provavelmente serão alcançadas, o que acarretará em preservação ou impulsionamento da cultura e produtos da empresa.

O que é comunicação interna?

Comunicação interna é uma estratégia utilizada nas organizações para estabelecer canais que possibilitem o relacionamento com o público interno e tem o papel de tornar comum a mensagem destinada aos seus colaboradores, com o propósito de motivar, estimular, promover agentes e difundir os ideais da empresa.

De acordo com pesquisa do Project Management Institute (PMI), em média 56% dos projetos de uma empresa fracassam devido a problemas na comunicação entre os colaboradores. Uma das principais dificuldades enfrentadas pelas empresas atualmente, quando se fala em comunicação, é a falta de resultado. É o processo da comunicação interna que garante os resultados e o fluxo das mensagens com êxito.

Quais os principais objetivos ?

Os principais objetivos são:

  • Difundir dentro da empresa os conhecimentos adquiridos pelos empregados, diretores e proprietários;
  • Divulgar as ações da empresa de forma direta e transparente;
  • Promover engajamento e envolver a equipe de trabalho da empresa nas metas da organização;
  • Consolidar o cumprimento de normas, condutas éticas e valores da instituição a todos os colaboradores.
  • Promover a cultura de temas como inclusão social, responsabilidade socioambiental e prevenção e cuidados com doenças físicas e mentais.

Qual a importância da comunicação interna?

De suma importância para gestores e colaboradores, a comunicação interna vai muito além de apenas passar a informação adiante. A organização precisa propiciar um ambiente favorável à produtividade, ao desempenho, à inovação, criatividade e realização profissional dos indivíduos e das equipes.

Todo o conteúdo elaborado para transmissão por meio da comunicação interna deve ser realizado em vias diretas e em diálogo contínuo. Assim, as metas, missão, visão e valores da organização podem ser melhores compreendidos por parte dos funcionários. Para iniciar, é necessário elaborar o plano de comunicação, estratégia que estabelece uma comunicação efetiva de fato.

Entre as vantagens de construir o plano de comunicação em uma organização, é possível citar a precisão de informações, a promoção do diagnóstico da imagem da empresa e a compreensão dos conteúdos.

Por meio desse tipo de comunicação, há o fortalecimento da cultura organizacional, estímulo do bom comportamento e clareza no impacto que cada colaborador tem na empresa. Pesquisa da 15Five revelou que 81% dos funcionários preferem uma empresa que valoriza a comunicação do que uma que oferece excelentes benefícios.

Vale lembrar que apesar do uso constante de novas tecnologias aliadas à comunicação interna, o mais importante ainda é manter a conexão com as pessoas. É sobre gente. A comunicação face a face continua sendo a grande transformação nas relações de qualquer organização.

Desenvolver colaboradores engajados e líderes na comunicação da sua empresa perpassa, essencialmente, em fazer com que os funcionários sejam ouvidos e respeitados, sintam-se parte da instituição, tenham canais de diálogo abertos e confiança entre si e com a organização.

O que é Endomarketing?

Conhecido como marketing interno, o endomarketing tem exatamente essa função: melhorar a comunicação interna, passando uma boa imagem da empresa para os colaboradores. Diferente do marketing tradicional, cuja estratégia é atrair clientes, o endomarketing conquista o público interno. Contar com funcionários capacitados e engajados é, sem dúvidas, um dos pilares do sucesso de uma empresa.

Por meio dessa comunicação, há também o relacionamento entre as diferentes funções administrativas e produtivas nas organizações, quebrando paradigmas, amenizando conflitos e concentrando o público interno no processo. O endomarketing pode influenciar de maneira positiva nos problemas de absenteísmo, rotatividade de pessoal e baixa produtividade.

Quais os principais tipos de comunicação interna?

Existem diferentes formas de comunicação interna, que variam de acordo com o contexto e objetivo de cada organização.

Comunicação escrita: realizada por meio de quadros de avisos, placas informativas, e-mails, intranet e blogs internos. Geralmente é utilizada para o alinhamento dos acontecimentos da empresa.

Comunicação oral: esse tipo de comunicação, geralmente, acontece por meio de palestras e reuniões. Nesse caso, a troca de feedbacks e a discussão de ideias são caminhos para aproximar o relacionamento entre os colaboradores.

Comunicação vertical: direcionada aos líderes da organização, envolve desenvolvimento de planejamentos estratégicos e aborda assuntos restritos.

Comunicação horizontal: é feita entre colegas de trabalho que desempenham o mesmo nível hierárquico dentro da empresa. É utilizada para aprimorar a construção de bons relacionamentos.

Comunicação diagonal: essencial para envolvimento dos diferentes níveis hierárquicos da organização. É utilizada quando há necessidade de informar novidades.

É preciso estar atento a práticas que podem melhorar a troca de informações dentro da empresa. Entre elas:

  • Avaliar a plataforma de comunicação;
  • Respeitar a cultura organizacional;
  • Considerar a logística;
  • Ter cuidado com os gêneros de comunicação;
  • Mesclar o conteúdo funcional com conteúdo relacional.

Quais as principais ferramentas?

Para uma empresa, todas as ferramentas são importantes mecanismos da comunicação interna. Conheça algumas:

Intranet: Rede corporativa com acesso permitido aos seus funcionários.

E-mail: Por meio dele você pode agendar reuniões, receber informações importantes e contar novidades da empresa.

Reuniões: Em algumas situações, conversar pela internet pode gerar ruídos. Por isso, as reuniões tradicionais não são descartadas da empresa, já que servem para alinhamento da equipe e planejamento de possíveis assuntos.

Mural: É por meio dele que os colaboradores podem deixar bilhetes, metas e estratégias da empresa. Ocupa lugar estratégico e é visível para todos. Um mural auxilia na hora de deixar lembretes, levantar as metas da equipe e reforçar as estratégias da empresa. Com o advento da tecnologia, essa ferramenta vem sendo substituída por opções virtuais.

Manual do colaborador: Funciona como um guia rápido para novos funcionários. Aqui são dados detalhes da empresa, benefícios, valores e também o que se espera da postura do profissional. Nele, você encontra detalhes sobre os benefícios da empresa, suas normas e responsabilidades.

Newsletter: Ferramenta educativa impressa ou digital, contém informações úteis. Tem como outra finalidade também a valorização dos colaboradores.

Display corporativas: Um canal de TV, com telas digitais, exclusivo para os colaboradores. Também conhecida como mural digital, é uma grande tendência na comunicação interna das empresas. Pode ser utilizada para campanhas internas, comunicados, projetos e ações voltados para saúde, segurança e bem-estar dos colaboradores, interação dos funcionários, notícias, divulgação de cursos, palestras e eventos, fortalecer valores, diretrizes e resultados institucionais, dentre outros conteúdos.

Redes sociais internas: são plataformas online que reúnem os colaboradores de uma empresa e também os gestores, possibilitando um contato rápido, direto, prático e dinâmico, feedbacks mais ágeis e também o compartilhamento de informações. Servem para otimizar fluxos de trabalho e reuniões.

Benefícios da comunicação interna:

Assim como as diversas possibilidades e ferramentas de comunicação interna, os benefícios atingidos por ela são muitos. Confira alguns:

  • Cria bons porta-vozes;
  • Passa credibilidade e transparência;
  • Fortalece a cultura da organização;
  • Transmite informações rápidas e precisas;
  • Traz conhecimento da organização e sentimento de pertencimento às equipes;
  • Ajuda a fomentar a inovação;
  • Traz alinhamento e motivação;
  • Possibilita e troca de conhecimento;
  • Cria clima organizacional positivo;
  • Potencializa resultados positivos;
  • Promoção de engajamento entre colaboradores;
  • Estabelecimento de alcance das informações;
  • Aumento de produtividade;
  • Integração de novos funcionários e menor perda de colaboradores;
  • Alinhamento de funcionários aos valores da empresa.

O olhar para o público interno é prioridade para a FSB Comunicação:

A FSB Comunicação acredita que o principal embaixador de uma marca ou instituição é aquele que a conhece por dentro. Por isso, a FSB oferece soluções especializadas para trabalhar a comunicação com o público interno.

Além de toda a estratégia de comunicação para os canais internos, a FSB possui um aplicativo para mobilizar e unificar o colaborador ou coligado da empresa na mesma plataforma e engajá-lo nas mensagens-chave. Saiba mais:

Quer saber como funciona na prática? Conheça o case da Geração Sesi Senai e o Integra MS: ferramenta de trabalho, conectividade e colaboração, projetos desenvolvidos pela FSB Comunicação focados essencialmente no público interno de seus clientes.

Você também pode ter interesse nestes artigos: